Por que me especializar em biomedicina estética?

Por que me especializar em biomedicina estética? Para ser um dos profissionais mais valorizados do mercado!

Você sabia que os graduados na área de saúde como os biomédicos têm à disposição diversos cursos de pós-graduação e especialização para prepará-los para trabalhar na área de estética como biomédicos? E que essa especialização é uma das mais valorizadas pelo mercado atualmente?
O setor de estética e beleza é um dos que mais crescem na economia, com um faturamento de mais de R$ 130 bilhões em 2014, com um crescimento espetacular de mais de 70% sobre 2013. Esses dados elevaram o Brasil à segunda posição mundial no setor. Você já tinha pensado em atuar em um mercado tão promissor?
Cada vez mais novas tecnologias começam a ser usadas para favorecer a beleza ou as chamadas disfunções estéticas, e essas tecnologias demandam a assistência de profissionais de saúde com graduação superior e habilitados para exercê-las. Por lei, as clínicas de estética são obrigadas a manter esses profissionais de nível superior como responsáveis técnicos (RT), e os biomédicos estetas estão entre eles. Por sinal, são eles os profissionais de saúde mais procurados no momento.
Isso por que só com a participação de um biomédico esteta RT em seus quadros, os centros de estética podem oferecer aos clientes tratamentos diferenciados como a aplicação de toxina botulínica, preenchimentos labiais e faciais como também aplicação de enzimas com intradermoterapia. Trata-se de uma obrigação legal de alvará imposta pelas Vigilâncias Sanitárias Municipais.
Atualmente, o botox empregado para atenuar vincos de expressão e aumento labial assim como a aplicação de enzimas com intradermoterapia, estão entre os serviços mais procurados pelas mulheres brasileiras e, dessa forma, as clínicas estéticas se esforçam para oferecê-los na tentativa de se diferenciar diante da concorrência. E, como já dissemos, para conseguirem dar esse salto de qualidade, só com a presença de um biomédico especialista em estética, contratado como responsável técnico (RT).

Biomédico esteta, a ‘bola da vez’.

Na verdade, entre as pós-graduações em saúde, a dos biomédicos estetas pode ser considerada a ‘bola da vez’. Todas as clínicas e franquias estão atrás de um profissional dessa área, uma vez que os serviços mais valorizados, nos dias de hoje, são aqueles que dependem da contratação desse profissional. Como consequência da alta demanda pelos biomédicos estetas, os níveis de remuneração também estão bem interessantes.
Além de ser um profissional cujo perfil atende com perfeição as necessidades atuais do mercado, existem ainda outros fatores importantes que explicam esse aumento de demanda em relação aos biomédicos estetas. O primeiro deles está vinculado às alíquotas inferiores de recolhimento de impostos na contratação de biomédicos estetas, na comparação com os valores de recolhimento de impostos no caso de contratação de médicos para desempenharem as mesmas funções nas clínicas de estética.
O segundo fator que beneficia a participação dos biomédicos estetas nesse mercado em franco crescimento talvez seja o mais importante. Enquanto o Conselho Federal de Biomedicina reconhece a atuação biomédica na área de beleza e saúde, o Conselho Federal de Medicina tem entendimento diverso: considera que os médicos não devem atuar em centros de estética, academias, salões de cabelo e tampouco ministrar tratamentos como a intradermoterapia e a carboxiterapia.
Isso explica outro movimento curioso que se observa no mercado atualmente: Muitos médicos estão reingressando nas faculdades de biomedicina para, assim que obtiverem a graduação na área, poderem se matricular nos cursos de pós-graduação de biomedicina estética, em busca do direito de trabalhar na estética que é assegurado pelos Conselhos Regionais de Biomedicina.

Entendeu agora por que motivo está tão valorizada a profissão de biomedicina esteta? Beneficie-se dessa tendência de mercado!

Publicado por Ana Carolina Dada

Autora do Blog Biomedicina Online e estudante de Biomedicina da FURB-SC .
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário