Descoberto remédio capaz de reduzir progressão do Alzheimer

O tratamento da doença de Alzheimer deu um grande passo hoje. Os cientistas revelaram a criação de um medicamento que ajuda a diminuir a progressão da doença. A pesquisa foi apresentada na conferência da Associação Internacional do Alzheimer em Washington, Estados Unidos. 
Os estudos sugerem que se o remédio for dado aos pacientes no estágio inicial da doença, ele será capaz de reduzir o declínio cognitivo em 30%. Assim, segundo os pesquisadores, em 18 meses de tratamento com este medicamento, o solanezumab, os pacientes poderiam atrasar seis meses de progressão da doença. Pessoas que tomaram o remédio nos estágios iniciais da doença obtiveram benefícios, já aqueles em estágios avançados não foram beneficiados com o medicamento. 
Atualmente, os medicamentos existentes apenas tratam os sintomas do Alzheimer e são incapazes de lidar com as suas causas. Já o solanezumab combate a beta-amiloide, proteína no cérebro que fica em excesso nos casos de doença de Alzheimer. Em grandes quantidades, esta proteína causa a alteração nas sinapses, o primeiro passo para a série de eventos que leva à perda de neurônios e aos sintomas da doença. 
É necessário aguardar os resultados dos estudos em andamento para poder saber exatamente todos os benefícios e riscos do medicamento. Se os resultados forem positivos, esta droga será a primeira a interferir diretamente no processo de evolução da doença. 
FONTE:MINHA VIDA

Publicado por Ana Carolina Dada

Autora do Blog Biomedicina Online e estudante de Biomedicina da FURB-SC .
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário