Como está o mercado de estética no Brasil para o biomédico

Brasil um país tropical, abençoado com praias maravilhosas e muita gente bonita. Gente que se preocupa com a beleza e com o bem-estar. É esse cenário que proporciona ao país o status de 3º maior mercado de estética do mundo. No ano de 2014, mesmo com a economia praticamente estagnada e com a queda de algumas de suas áreas, o mercado brasileiro de estética cresceu muito. 
No ranking de beleza e da cosmética, o país ocupa o 3º lugar atrás apenas dos Estados Unidos e da China. Comprovando, mais uma vez, que beleza é o nosso negócio. Além dos fatores culturais, o fenômeno que vem contribuindo para maiores gastos com tratamentos e produtos estéticos é o aumento de poder aquisitivo da classe C. Esse novo consumidor não se importa em gastar para ficar na moda e se sentindo bem consigo mesmo.
A área é praticamente dominada pelas mulheres e ainda vai se desenvolver muito nos próximos anos pois a demanda impulsionada por pacientes saudáveis não para de crescer. O número aproximado de profissionais que trabalham com estética no país é mais de 1 milhão (dados de 2012). Assim, a profissionalização também se tornou importante e necessária num ramo em que as técnicas e equipamentos se renovam rapidamente. Esse crescente interesse fez com que cursos técnicos em estética e pós-graduações para profissionais da saúde com duração de aproximadamente 1 ano ou mais surgissem em todo o país.
A biomedicina estética foi regulamentada em 21 de fevereiro de 2011 e desde então a fiscalização da vigilância e conselhos sobre os profissionais tem sido mais severa, pois este profissional, por lidar com o corpo de pessoas e com sua imagem, precisa ter noções de dermatologia e anatomia, além de treinar e ter prática para realizar procedimentos eficazes e seguros.
As mulheres encaram os tratamentos como um momento de lazer, é o tempo que investem para se sentir bem e elevar a autoestima. Os homens também estão virando adeptos dos rituais estéticos e deixando de lado os preconceitos. Procedimentos estéticos injetáveis para rugas de expressão, redução abdominal, rejuvenescimento da pele e procedimentos químicos são os mais realizados pelos biomédicos estetas. Surgem, também, cursos de especialização que dão atenção à estética masculina.
Quando o biomédico esteta é procurado, os tratamentos mais buscados pelo público em geral são redução de gordura localizada (celulite e flacidez) e tratamentos faciais para a pele. O verão é a época mais procurada devido às altas temperaturas e exposição do corpo. Segundo aSociedade Brasileira de Biomedicina Estética, os meses que mais rendem lucros no setor são novembro, dezembro e janeiro. 
Alguns dos serviços mais procurados nesse mercado incluem:
  • Aplicação de toxina botulínica aliadas a aplicação de preenchimento com ácido hialurônico e peelings.
  • Rejuvenescimento facial (laser de CO2 e laser de baixa potência com LEDs)
  • Remoção de tatuagem com aparelhos de laser
  • Técnicas a partir da aplicação de enzimas para reduzir celulite e modelar o corpo
O biomédico que pensa em investir no mercado deve entender que ele é promissor, mas exige diversos cuidados e investimentos em relação ao local, à manutenção dos equipamentos e, principalmente, à contratação de profissionais qualificados.

Publicado por Ana Carolina Dada

Autora do Blog Biomedicina Online e estudante de Biomedicina da FURB-SC .
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário