PATOLOGIA - LÂMINA 19 - ENTERITE CRONICA COM ULCERAÇÃO COMPATIVEL COM DOENÇA DE CROHN – INTESTINO DELGADO

Macroscopia: as lesões são tipicamente sedimentares ( aspecto de pedra de calçada) com áreas lesadas intercalando com segmentos normais. O segmento afetado é congesto e adenosiado e a mucosa intestinal perde sua textura arbitual ( vilosidade)
Microscopia: segmento de intestino delgado apresentando alterações de natureza inflamatória representado por difusa destruição das vilosidades demonstrando áreas de substituição por material fibrino hemorrágico com ulcerao superficial. As criptas são hiperplasiadas. O corion conjuntivo ( fica entre a glanducas) mostra denso infiltrado linfoplasmocitico que ultrapassa os limites da musculatura da mucosa em profundidade. Na submucosa observamos formações granulomatosas.
Manifestações Clínicas : episódios agudos de febre, diarréia e dor abdominal com períodos assintomáticos.
Complicações: ma absorção intestinal, obstrução intestino delgado e fistulas com outras alças do intestino


Publicado por Ana Carolina Dada

Autora do Blog Biomedicina Online e estudante de Biomedicina da FURB-SC .
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário