ATUAÇÃO DO BIOMÉDICO- VIROLOGIA

Os vírus tem uma grande participação nas patologias que afetam o homem. São seres extremamente pequenos, que possuem a função única de reproduzir-se (utilizando de uma célula). 
Com essa reprodução, eles destroem as células do corpo do hospedeiro e causam as mais diversas doenças.



Os vírus não são considerados seres vivos, pois dependem inteiramente de uma célula para se reproduzir. Ele porta material genético e é capaz de criar uma relação de hereditariedade, mas somente com a presença de outro organismo. Os vírus também não podem ser classificados taxonomicamente (reinos, classes, filos) e seu tamanho é muitas vezes menor que uma célula procariótica.

O Biomédico que trabalha com a Virologia tem por objetivo identificar e classificar o vírus, identificar seus métodos de reprodução, bem como as possíveis patologias que os mesmos podem causar. O Biomédico também identificará quais os métodos de diagnóstico das patologias que esse vírus causa, como o organismo humano irá reagir a ele e os métodos de eliminá-lo e garantir a saúde do organismo. Também é vital o conhecimento de todos os mecanismos de infecção e epidemias, bem como a eliminação delas de modo seguro.

Inimigos quase invisíveis, ao mesmo tempo que podem causar as mais diversas patologias, podem ser utilizados de forma a beneficiar o homem. Há alguns vírus denominados bacteriófagos, que buscam células de bactérias para sua reprodução. Isso pode ser extremamente benéfico, pois estes vírus podem ser manipulados ou cultivados de forma a atacar determinadas bactérias causadoras de doenças sem causar prejuízos ao homem. O Biomédico Virologista pode bem atuar na área de pesquisa e manipulação destes vírus.


A Virologia é uma especialização muito interessante (e qual delas que não é? rsrs), e realmente o estudo dos vírus se torna importantíssimo na garantia da saúde humana.





FONTE: FOCO BIOMÉDICO

Publicado por Ana Carolina Dada

Autora do Blog Biomedicina Online e estudante de Biomedicina da FURB-SC .
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário